Top 10 peixes mais caros do mundo

-

Existem muitos tipos de peixes criados como animais de estimação. Vão dos mais comuns, até os mais caros (e raros). Ou seja, quanto mais difíceis de encontrar, mais terá que se gastar por eles. E, acredite: há colecionadores dispostos a pagar verdadeiras fortunas para terem certas espécies em seus aquários. Em geral, esses peixes muito caros são do tipo exóticos e muito pequenos, mas, com algumas características especiais. Baseado nisso, fizemos então uma lista com os 10 peixes mais caros do mundo. Certamente você irá encontrar algumas espécies bem interessantes e peculiares aqui.

 

Peixes mais caros do mundo


10 Candy Basslet (Liopropoma carmabi)


Peixes mais caros do mundo - Candy Basslet (Liopropoma carmabi)Preço aproximado: U$1.000
O Candy Basslet faz parte de uma família de peixes que tem como característica a resistência a doenças, além de serem fáceis de alimentar. É uma das melhores escolhas para aquários de recifes de coral, já que eles não pegam invertebrados sésseis. Na natureza, habitam as cavernas e as fendas das estruturas rochosas dos recifes, e além disso, a depender de certos aspectos do aquário, como tamanho, iluminação e decoração, eles ficam mais ousados e brincalhões com o tempo. Por fim, é um peixe de tamanho bem pequeno, não chegando a 8 cm de comprimento.


9 Clarion Angelfish (Holacanthus clarionensis)


Peixes mais caros do mundo - Clarion Angelfish (Holacanthus clarionensis)Preço aproximado: U$2.500
De corpo bem comprido, e chegando a ter cerca de 20 cm de comprimento, essa espécie de peixe possui comportamento migratório, podendo viajar sozinhos ou em pequenas aglomerações. Basicamente, o Clarion Angelfish come algas, esponjas, e pequenos invertebrados, e habita recifes rochosos de águas claras e também em paredes que ficam ao redor das Ilhas Revillagigedo, localizadas portanto no Pacífico. É uma das espécies de peixes mais ameaçadas de extinção atualmente.


8 Wrought Iron Butterflyfish


Peixes mais caros do mundo - Wrought Iron Butterflyfish

Preço aproximado: U$2.700
Peixe nativo do Oceano Pacífico ocidental, o Wrought Iron Butterflyfish pode chegar a 15 cm de comprimento, tendo uma aparência que lembra peixes-anjo ou peixes-borboleta. Comedores vorazes de plâncton, eles se alimentam de algas bentônicas e invertebrados. Normalmente habitam em águas frias a mais de 6 metros de profundidade, embaixo de recifes rochosos. Não está entre as espécies mais ameaçadas de extinção, mas, apesar de não ser tão raro assim, está entre os peixes mais caros do mundo.


7 Australian Flathead Perch


Peixes mais caros do mundo - Australian Flathead PerchPreço aproximado: U$5.000
Esta aqui tem sido uma espécie bastante difícil de encontrar, e, pelo menos, por causa disso, justifica-se o valor tão alto cobrado por um único espécime. Também é por causa disso que ele vem sendo tão disputado entre criadores especializados. Seu corpo comprido é uma adaptação para que ele possa passear por entre as rochas dos recifes de onde habita, como se fosse uma enguia. O Australian Flathead Perch pode ser encontrado nas regiões ocidentais da Austrália.


6 Neptune Grouper


Peixes mais caros do mundo - Neptune GrouperPreço aproximado: U$6.000
A espécie Neptune Grouper vive em águas bem profundas, e por isso mesmo é bem difícil de capturá-la. Por Essa razão, quase nunca ele está disponível para compra, e quando está, realmente custa bem caro. São muito poucos os espécimes encontrados em águas rasas, tendo que ser coletados em profundezas muito grandes, onde os mergulhadores têm dificuldade em pegá-los. A coloração dos espécimes jovens geralmente é bem diferente da dos adultos.


5 Golden Basslet


Peixes mais caros do mundo - Golden BassletPreço aproximado: U$8.000
Da família da garoupa, o Golden Basslet é um dos menores espécimes, podendo ser encontrados tanto no Atlântico, quanto no Pacífico. Trata-se de um peixinho bem resistente e como resultado, tende a se adaptar bem em cativeiro, sendo coletados geralmente por meio de uma embarcação submergível de alto mar. Está aí o porquê de ele ser um dos peixes mais caros do mundo. Tanto em cativeiro, quanto na natureza, é um peixe bem tímido e dócil, possuindo uma beleza bem peculiar.


4 Bladefin Basslet


Peixes mais caros do mundo - Bladefin BassletPreço aproximado: U$10.000
O Bladefin Basslet está entre os peixes mais raros de águas salgadas, vivendo em profundezas de mais de 150 m, tornando-se bem difíceis de serem capturados. Infelizmente, muitos que já foram pegos morreram no trajeto, fazendo com que os sobreviventes ficassem bem valiosos. Dentre as suas características, a que mais chama a atenção, sem dúvida, são suas barbatanas em forma de lâmina, além dos padrões de cores, que são compostos basicamente de prata e vermelho.


3 Peppermint Angelfish


Peixes mais caros do mundo - Peppermint AngelfishPreço aproximado: U$30.000
Dos mesmos parentes dos famosos peixes-palhaços, o Peppermint Angelfish é uma espécie que possui poucos exemplares em cativeiro no momento. Existem somente alguns poucos casais que conseguem reproduzir poucos (mas, belíssimos) espécimes. A procura por ele é tão grande que existe até mesmo uma lista de espera para desembolsar alguns tantos milhares de dólares nesse peixinho tão valioso.


2 Freshwater Polka Dot Stingray


Peixes mais caros do mundo - Freshwater Polka Dot StingrayPreço aproximado: U$100.000
Este exemplar de peixe aqui chegou a ficar exibido em Taiwan por um tempo, e podia ser adquirido pela “bagatela” de U$ 100.000. O problema é que se um dia você resolver adquirir esse animal certamente terá uma bela dor de cabeça, pois é preciso cuidar muito bem dele. O problema é que na natureza ele não caça como outros peixes normais, e, neste caso, você teria que alimentar manualmente a sua Freshwater Polka Dot Stingray. Sem dúvida é um espécime fascinante, mas, ele requer de seu dono diversos cuidados. Mas, certamente quem pode pagar por ele também terá condições de contratar uma boa “babá de peixes”, não é mesmo?


1 Platinum Arowana


Peixes mais caros do mundo - Platinum ArowanaPreço aproximado: U$400.000
Não é à toa que o Platinum Arowana (ou simplesmente Aruanã Prateado) é tão caro, pois, trata-se de um peixe oriundo de uma rara mutação genética, o que faz dele um espécime único no mundo. No continente asiático, as pessoas acreditam que esse peixe traz prosperidade e sorte, e ainda afasta “energias negativas”. Só que há inconvenientes, pois é preciso que a pessoa tenha um aquário e tanto para comportar esse peixe, já que ele pode crescer até o tamanho de uma pessoa adulta. Existem muitas variedades de cores do Aruanã, mas, o mais comum é o prateado mesmo.

E, então? Toparia pagar essas pequenas fortunas por esses peixes raríssimos? Em todo caso, é interessante ver o quanto as pessoas podem pagar por um único peixinho de estimação. Ainda mais quando se descobre quais são as curiosidades sobre peixes.

imagens: reefs, wikimedia, australiangeographic, reefbuilders, reefs, molecsinternational, aquanerd, liveaquaria, turtlessuggest, pinterest

Deixe seu comentário

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui

Mais Listas