Top 10 curiosidades sobre o Sistema Solar

O Sistema Solar não é apenas um sistema planetário com um Sol e 8 planetas (incluindo a Terra). Existem outras características interessantes nele que merecem ser conhecidas como algumas das curiosidades mais fascinantes do universo. Por isso, listaremos aqui 10 curiosidades sobre o Sistema Solar que talvez você nem sabia que existiam.

 

Curiosidades sobre o Sistema Solar


10 Interação entre os planetas do Sistema Solar 


Interação entre os planetas do Sistema Solar Antes de mais nada, uma característica em comum a todos os objetos do Sistema Solar, sejam eles planetas ou não, é que eles orbitam em torno de um único astro, o Sol. Teorias mostram que esse sistema surgiu há cerca de 4,5 bilhões de anos atrás. E isso a partir do momento em que uma enorme nuvem interestelar de gás e poeira “desabou sobre si”, dando origem ao sol. E um dos mecanismos que possibilita a órbita desses objetos em torno dessa grande estrela luminosa é uma das forças fundamentais da natureza: a gravidade. Portanto, isso faz com que o Sol exerça essa força sobre os objetos que estão ao seu redor (como os planetas). E também faz que o movimento naquele espaço seja curvo, ao invés de reto. É assim que interagimos dentro desse imenso sistema.


9 O verdadeiro tamanho do Sistema Solar 


O verdadeiro tamanho do Sistema Solar Muitos leigos pensam que o limite desse sistema seja a órbita de Plutão, em tese, o último astro desse espaço específico. Mas não é bem assim. Tanto é que ao longo das últimas décadas cientistas levantaram algumas teorias. Como a que diz que o Sistema Solar se estende quase 2 anos-luz além de Plutão (o que dá em torno de 125 mil vezes a distância do Sol à Terra). Hoje, cientistas estão convencidos de quem existem, na verdade, duas grandes regiões além de Plutão. A primeira delas é o chamado Cinturão de Kuiper, que se trata de um cinturão de asteroides. E a Nuvem de Oort, um local esférico, repleto de cometas. Inclusive, pelo tamanho, e outras características básicas, em agosto de 2006, a União Astronômica Internacional (IAU) decidiu rebaixar Plutão como planeta, passando a classificá-lo como “planeta-anão”.  Nesse caso, mais próximo de um asteroide do que de um planeta em si.


8 Os “corpos pequenos” do Sistema Solar 


Os “corpos pequenos” do Sistema Solar Continuando essas curiosidades sobre o Sistema Solar, vamos agora entrar mais na área de alguns conceitos. Todo e qualquer objeto encontrado nesse sistema que não seja um planeta, um planeta-anão, uma lua (ou o próprio Sol, claro), tem a denominação de “corpo pequeno”. Nessa categoria, estão incluídos os asteroides, os meteoritos e os cometas. Dessa forma, a imensa maioria dos asteroides se encontra orbitando Marte e Júpiter, formando um anel quase plano que chamamos de cinturão de asteroides. Já os fragmentos de asteroides e outros pequenos pedaços de matéria sólida são chamados de meteoritos, para que se faça a devida distinção.


7 As categorias dos planetas 


As categorias dos planetasMais um pouco de teoria nessas curiosidades sobre o Sistema Solar. Os 8 planetas que compõem esse sistema são, na verdade, divididos em duas categorias bem distintas. Elas têm a ver com suas densidades, ou seja, massa por unidade de volume. Os chamados planetas internos ou terrestres são Mercúrio, Vênus, Terra e Marte. Eles têm como uma de suas características principais, composições rochosas e densidades maiores do que 3 gramas por cm³. Já os planetas externos ou gigantes são: Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Nesse caso, eles possuem densidades inferiores a 2 gramas por cm³, e são compostos sobretudo por hidrogênio e hélio.


6 O tempo de cada planeta do Sistema Solar 


O tempo de cada planeta do Sistema Solar Um ano na Terra equivale a cerca de 365 dias, ou seja, é o tempo necessário para que o nosso planeta possa dar uma volta completa em torno do Sol. Esse intervalo aqui é chamado de ano. No entanto, todos os outros planetas do Sistema Solar possuem quantidades de dias diferentes para cada intervalo que completam uma volta dessas. Isso se deve por um motivo bem simples: a distância entre cada planeta do Sol é diferente. Portanto, quanto mais perto dele, menos tempo se leva para fazer uma volta. Quanto maior à distância, mais tempo se leva. Com isso, o planeta mais próximo do Sol (Mercúrio) dá a volta no astro em apenas 88 dias, enquanto que Netuno leva mais de 60 mil dias.


5 Não existe gelo só na Terra 


Não existe gelo só na Terra Ao contrário do que muita gente possa imaginar nessas curiosidades sobre o Sistema Solar, a Terra não é o único lugar que possui gelo em sua superfície. Na verdade, esse elemento pode ser encontrado não somente em outros planetas, mas também em luas e cometas. Até mesmo Mercúrio, que é tão próximo ao Sol, possui gelo nas suas crateras mais profundas. E, claro, por estarem muito distantes do astro-rei, Urano e Netuno são muito frios. Nesses, as principais substâncias químicas que compõem suas atmosferas são metano, enxofre e amônia. E é muito comum que estas estejam congeladas ou presas em cristais de gelo.


4 Uma massa imensa chamada Sol 


Uma massa imensa chamada Sol Não é à toa que nessas curiosidades sobre o Sistema Solar, muitas informações estejam ligadas diretamente ao Sol, e não somente pelo fato dos objetos circularem à sua volta. É que se trata de uma estrela imponente mesmo. Para se ter uma ideia, ele contém nada mais, nada menos do que 99,86% de toda a massa desse sistema. O resto, portanto, corresponde à mísera porcentagem dos planetas, luas, e de outras matérias sólidas.


3 Oceanos, só aqui 


Oceanos, só aqui Cientistas chegaram a um consenso de que a água é requisito essencial para a vida. Por isso, eles baseiam a possibilidade de algum outro planeta possuir vida com base na presença desse elemento. É por que, até onde se sabe, a Terra é o único planeta conhecido (principalmente no Sistema Solar) que possui oceanos. Água em outros estados é encontrada em outros ambientes, sobretudo na forma de gelo, mas não o suficiente para abrigar vida.


2 Os ventos mais intensos do Sistema Solar


Os ventos mais intensos do Sistema SolarSe você acha que os ventos aqui na Terra, mesmo aqueles que compõem os furacões são fortes, isso é porque não viu os de Netuno. Segundo estimativas, é nesse planeta que ocorrem as correntes de ar mais fortes de todo o Sistema Solar, podendo alcançar 2.100 km/h. Para se fazer uma comparação, por exemplo, os ventos mais fortes da Terra chegam a “apenas” 400 km/h.


1 O planeta do sistema mais parecido com o nosso 


O planeta do sistema mais parecido com o nosso Para finalizar essas curiosidades sobre o Sistema Solar, o astro que mais se parece com a Terra é o planeta Vênus. Essa semelhança se deve ao seu tamanho e aos seus elementos geográficos. Como por exemplo, a presença de montanhas, vales e vulcões. Mas, apesar disso, não é possível que haja vida em Vênus, pois esse planeta é o mais quente de todo o Sistema Solar. As temperaturas desse astro chegam a até 470°C.

Interessante não é mesmo essas curiosidades sobre o sistema em que habitamos. Além disso, dos fatos que você acabou de ver, conheça mais sobre a importante estrela desse sistema nas curiosidades sobre o Sol.

fontes: theplanets, britannica, spaceplace, itsybitsyfun, megacurioso

Deixe seu comentário

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui


Mais Listas